Desemprego continua a bater recordes

Foi de 9% a  taxa de desemprego no trimestre encerrado em outubro de 2015. No mesmo período em 2014 a taxa era de 6,6% . Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada nesta sexta (15) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A taxa é a maior desde 2002, quando começou a série histórica. No trimestre encerrado em julho, a taxa foi de 8,6%, enquanto nos três meses terminados em setembro, era de 8,9%.