Documentário registra história de Casa de Candomblé

A história da casa de candomblé Angola Congo “Nzo Musambu ria Kukuetu” pode ser conferida por todo público capixaba por meio do documentário que leva seu nome e que está disponibilizado no Youtube. O vídeo faz parte do projeto “Vitória de todos os santos”, que tem como proposta a realização de Oficinas de Audiovisual na Associação Cultural e Beneficente ‘Inzó riá Kukuetu’, localizado no Bairro de Fátima, na Serra.

O filme é resultado da colaboração entre os integrantes do templo e reúne depoimentos colhidos entre abril e julho do ano passado, evidenciando a trajetória e a memórias de Mãe Néia de Kaia – Mãe Kilunji – em sua defesa pública da diversidade religiosa, partindo dos ensinamentos do candomblé Angola Congo.

A produção teve orientação de Mam’etu Kilunji e planejamento coletivo em Oficina de Realização Audiovisual, ministrada pelo cineasta Jefferson de Albuquerque Jr e assessorada pela artista multimeios Maresia e contou com recursos do Funcultura e apoio da Secretaria da Cultura (Secult),

Ponto de Memória

A casa de candomblé Angola Congo é zelada por Mam’etu Mosoioio Kilunji dia Nzambi, e foi reconhecida como Ponto de Memória da cultura brasileira na perspectiva do Programa Pontos de Memória, criado em 2009 pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), que apoia ações de memória para empoderamento social de grupos com menor visibilidade histórica, representando a si mesmos e valorizando sua identidade local.

De acordo com a museóloga da Secult, Paula Nunes Costa, o projeto “Vitória de todos os santos” se soma a rede de Pontos de Memória do Edital FUNCULTURA e enaltece Mãe Néia, importante representante dos povos de terreiro no Espírito Santo.

Mãe Néia é uma figura importante por contar com uma longa trajetória na preservação destes saberes tradicionais e no ativismo pela defesa da diversidade religiosa no estado. “Memórias suas que se misturam com memórias do barracão e de seus filhos e resultaram neste vídeo de 15 minutos, produto da Oficina de Realização Audiovisual, ação do projeto contemplado”, destaca Paula Nunes Costa.